Mais de 250 mil acidentes de trabalho com as mãos

35% dos acidentes de trabalho ocorrem nos membros superiores, segundo Anuário Estatístico da Previdência Social (AEPS-2013). Desses 60% são acidentes com as mãos e punhos. Isso porque as mãos são muito utilizadas nas mais diversas atividades do nosso cotidiano. 

Os dedos das mãos são os órgãos do corpo mais vulneráveis entre os trabalhadores. Os brasileiros mutilam ou incapacitam 135 mil deles todos os anos em acidentes de trabalho. 

Entre os riscos para as mãos mais comuns no ambiente de trabalho, destacam-se:

A prevenção é certamente a melhor maneira de evitar a incapacitação dos colaboradores nas empresas, além de ser também a alternativa mais barata. A falta de investimento em prevenção é o maior obstáculo para reduzir os acidentes de trabalho. Iniciativas como envolvimento da gestão no tema segurança do trabalho, diálogos diários de segurança (DDS), uso de EPI’s e EPC’s e sinalização correta também contribuem para redução ou dos acidentes de trabalho.

Para saber quais os riscos e os EPI’s adequados para proteção dos seus colaboradores, entre em contato com nossa equipe técnica que está a disposição para auxiliá-los na prevenção de acidentes na sua empresa.

 

Categorias

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: